O Informador

Nota: Versão completa deste projecto em .pdf aqui.

 

 

Introdução e Objectivos:

Atenta à actual situação de dispersão entre o NFIST, os alunos da LEFT e o próprio Departamento de Física, a Info pretende lançar um novo projecto para contrariar este fenómeno.

É neste contexto que surge O Informador, uma pequena publicação aperíodica gratuita destinada a dar voz a qualquer pessoa, em particular aos membros do NFIST bem como aos alunos e docentes do Departamento de Física que achem que têm uma palavra a dizer em relação a qualquer questão que envolva o NFIST, a LEFT, o Departamento de Física ou mesmo o IST.

Acreditamos que fomentando a discussão saudável na LEFT, podemos contribuir para a resolução de questões que muitas vezes ficam confinadas a conversas de café e também para a elevação do espírito democrático.

Em particular O Informador quer:

  • Promover a discussão e o espírito democrático dentro do NFIST e aproximar novamente o NFIST da sua matéria prima, os alunos da LEFT;
  • Promover espírito académico na LEFT
  • Divulgar informação relativa a estágios, bolsas e outras ofertas dirigidas a alunos de LEFT.

Por agora o futuro de O Informador é incerto e não passa apenas de um esboço, mas é nosso objectivo que a publicação viva quase exclusivamente de artigos feitos pelos colunistas, posição essa aberta a qualquer pessoa que queira escrever dentro do contexto supracitado.

 

Equipa Técnica

A equipa técnica é ainda provisória e não estratificada sendo constituída pelos actuais colaboradores da Secção Informativa. O projecto está a ser coordenado pelo colaborador André Cunha.

 

Colunistas:

O Informador quer assumir um papel pluralista e como tal a sua alma, os artigos de opinão, deverão ser escritos pela comunidade sob a qual a publicação se foca. Queremos tentar cativar todos os alunos, docentes, responsáveis e restantes pessoas relacionadas com o NFIST, a LEFT, o Departamento de Física e até mesmo o IST que acharem que têm algo a dizer a contactar-nos para publicarem um artigo de opinião.

Os artigos de opinião publicados no Informador são da exclusiva responsabilidade dos intervenientes. Pretendemos apenas providenciar um "Direito de Antena", uma voz a todos aqueles que queiram escrever dentro do âmbito dos temas focados pela publicação. Naturalmente cada autor deverá responder inteiramente por aquilo que publicar sendo o não anonimato um valor fundamental deste jornal.

No âmbito do pluralismo a que nos propomos, O Informador não tem colunistas fixos e vive daquilo que a comunidade for produzindo. Como tal a participação de cada autor a cada momento por si é determinada. Simplificando, cada um escreve quando quiser e bem entender e todos estão convidados a fazê-lo.

Naturalmente esta ausência de compromisso funciona em duas vias, da mesma forma que não pressionamos ninguém a escrever para nós, cada uma das edições e os artigos só serão publicados quando for possível.

O Informador é uma publicação puramente aperiódica e as diferentes edições serão lançadas sempre que haja artigos suficientes por parte da comunidade e financiamento disponível.

A justeza e pertinência das críticas feitas em qualquer artigo, independentemente do tema, caberá exclusivamente aos leitores e nunca à equipa do Informador ou ao NFIST. No entanto, através do direito de resposta, qualquer pessoa poderá publicar a sua posição em relação a um dado tema e questionar a validade das opiniões de um colunista assumidas num dado artigo. Desta forma, o direito de resposta constituí um pilar fundamental desta publicação e todos os artigos estão sujeitos a este na edição seguinte a quem o deseje aplicar.

Também exigimos que as eventuais discussões não descambem em insultos baratos e que o valor da discussão e da crítica se mantenha acima disso. Artigos e respostas vazios e insultuosos serão sumariamente recusados.

O critério primário de selecção dos artigos a publicar numa dada edição será a ordem de chegada. Naturalmente poderá ser modificado em situações particulares como por exemplo na situação em que um artigo não caiba no espaço restante e outro caiba ou se um artigo for de tema in loco temporal enquanto outro for de cariz mais intemporal, por uma questão de pertinência temporal, o artigo de caractér mais imediato poderá ser prioriário.

Dito isto, quer escrever um artigo para O Informador? Então não hesite em comunicar-nos através do e-mail info@nfist.ist.utl.pt.

Nota: para a primeira edição serão convidadas pessoas com perfis diversificados mas adequados aos objectivos do jornal e que pensamos terem vontade de escrever. No entanto o convite é geral e por isso esperamos que muitos outros o aceitem.

 

Condições Técnicas dos Artigos:

Não possuímos um limite intrasigente de espaço por colunista mas tendo em conta o espaço disponível na publicação, temos que impor uma restrição indicativa que poderá ser alargada caso se justifique e haja possibilidades. O limite será de duas páginas por colunista. O texto é dividido em 3 colunas e cada página do jornal equivale sensivelmente a uma página em Word, letra Times New Roman, tamanho 10.

O layout da primeira página de cada artigo de opinião tem um pequeno cabeçalho de imagem que contém o título do artigo bem como o nome do autor, destinado a diferenciar bem cada artigo de opinião onde o autor tem a opção de publicar a sua fotografia (se quiser literalmente dar a cara). Em caso de não querer imagem alguma, será colocado o cabeçalho padronizado sem imagens.

O layout de um artigo de opinião pode ser visto aqui.

Deverão ser apresentados em Word (.doc), ou text (.txt e .rtf) desde que cumpram os requisitos de espaço estabelecidos.

A formatação permitida no texto é a tradicional, os autores podem utilizar esporadicamente o destaque em caps, o bold, o italic, o underline e o strikethrough para destacarem palavras, frases, ideias como acharem adequado. Naturalmente o tamanho da letra será uniforme dentro de cada artigo e como tal o destaque por tamanho de letra não é apresentado no documento impresso.

 

Detalhes Técnicos:

  • Tiragem: 150 exemplares.
  • Formato: A4 (folha A3 dobrada em dois) a preto e branco em papel de fotocópia standard.
  • Número de páginas por edição: 12 páginas (3 folhas A3).
  • Esperança anual de publicação: de 2 a 4 edições anuais.
  • Custo previsto de impressão: 54 € por edição.

 

Estrutura:

O Informador deverá ser constituído pelos seguintes elementos:

  • Editorial o mais neutro possível que deverá consistir numa perspectiva breve sobre a edição corrente e o papel da publicação em geral, uma breve exposição dos temas abordados nos artigos de opinião e também no espaço livre;
  • Os artigos de opinião dos diferentes colunistas ocuparão o papel maioritário da publicação e serão a alma da mesma. É na publicação dos diferentes artigos de opinião por parte de alunos, docentes e responsáveis e na subsequente discussão que esperamos cumprir os 4 primeiros pontos dos objectivos supracitados;
  • Uma zona minoriária no fim do jornal constituída por uma banda desenhada esporádica bem como um espaço livre aberto a temáticas mais diversificadas que poderão incluir contribuições artísticas, literárias, sociais entre outras feitas pela comunidade a que se destina a publicação. Estes elementos deverão cumprir o 4º ponto citado nos objectivos;
  • Uma página onde se colocará a informação relativa a estágios, bolsas e outras ofertas dirigidas a alunos de LEFT cumprindo assim o 5º ponto dos objectivos.

O Informador será estruturado da seguinte forma:

  • Capa e contracapa: editorial e índice;
  • Corpo: Artigos de opinião dos colunistas;
  • Últimas páginas: divulgação informativa, B.D. e espaço livre.

Na capa e na contracapa figurararão um pequeno índice dos artigos de opinião publicados, juntamente com a informação técnica e o editorial.

O corpo do jornal deverá ser constituído primordialmente pelos artigos de opinião nas condições dos 4 primeiros objectivos do Informador supracitados. Não é descartada a hipótese no entanto, de acolhermos no corpo do jornal elementos dentro do espírito do espaço livre.

Nas últimas páginas figurarão a divulgação informativa, a B.D. e o espaço livre.

Uma versão completa do layout do Informador pode ser vista aqui.

 

Concluindo, desde já convidamos também todos os interessados de alguma forma neste projecto a entrarem em contacto conosco através do e-mail info@nfist.ist.utl.pt para discutir formas de colaboração.

 

Copyright © 2005-2013 NFIST, Todos os direitos reservados.

[XHTML 1.0] [CSS]